ODAIR REVELA MUDANÇA

Odair Hellmann assumiu o comando do Internacional de forma interina depois da demissão de Guto Ferreira, mas não se furtou de mexer no esquema tático da equipe para o duelo desse sábado, contra o Goiás, no Serra Dourada. Apesar do desempenho não ter agradado tanto ao torcedor, o fato é que o Colorado conseguiu uma importante vitória, que o deixa ainda sem condição de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro da Série B.

“O 4-1-4-1 já está estabilizado. Procurei fazer um ajuste para segurar um pouco mais. Tínhamos que fechar o centro do campo. Vi dois vídeos do Goiás e esse é o jogo deles. Essas duas linhas a gente colocou para proteger e dar liberdade para que o D’Alessandro aparecesse como armador, mais controle com a bola no pé, quando recuperássemos a posse”, explicou Odair, após o polêmico confronto que terminou com o trinfo do Inter por 2 a 0 depois de um erro crasso do árbitro Heber Roberto Lopes.

“O jogo é de 90 minutos. Tínhamos a estratégia. Sabíamos que no primeiro tempo seria mais duro, fechado, truncado. Até os 15 minutos, tivemos muita dificuldade, depois encontramos mais controle do jogo. No segundo tempo, também não começamos bem, e a partir dos 10 minutos tivemos o controle de novo e construímos a vitória”, analisou o comandante interino.

Na próximo rodada, sábado às 17h30 (horário de Brasília), o Colorado receberá o Guarani, já livre do rebaixamento, no Beira-Rio. No mesmo dia e horário, o líder América-MG enfrentará o CRB no estádio Independência. Com dois pontos a menos que o os mineiros, o Inter precisa vencer seu desafio torcer por um tropeço dos concorrentes para ficar com a taça.

Leandro Damião não poderá ajudar Odair Hellmann nessa missão. O centroavante recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Goiás e terá de cumprir suspensão. Nico López é o principal candidato à vaga, mas Camilo, Carlos e Roberson correm por fora por uma chance entre os titulares.


Categoria:CAMPEONATO BRASILEIRO 2017

Deixe seu Comentário