JADSON NÃO ENFRENTARÁ O SANTOS

O meia Jadson não apareceu no campo do CT Joaquim Grava na tarde desta segunda-feira, mas ainda não sabe quanto tempo vai precisar para se recuperar do problema na coxa direita que o tirou da partida contra o Flamengo, no último domingo, no estádio do Maracanã. O jogador sentiu dores na parte posterior da coxa ainda na etapa inicial da partida contra os cariocas, sendo substituído para a entrada de Roger.

Como o local da lesão ainda está inchado, os exames de imagem só serão realizados nesta terça, confirmando qual será o tempo de recuperação necessário. A expectativa, no entanto, pela forma com que o camisa 10 deixou o gramado, é que ele só consiga retornar à equipe depois da parada para a Copa do Mundo.

Pesa contra o atleta o pouco tempo entre os próximos três jogos, marcados para os dias 6 (Santos, em Itaquera), 9 (Vitória, em Itaquera), e 13 (Bahia, na Fonte Nova). Caso haja um estiramento grau 1, o menor possível para as contusões desse tipo, ele precisaria de duas semanas para trabalhar novamente, período em que o elenco já estará de férias.

Com a provável ausência do armador, o técnico Osmar Loss teria apenas uma opção para manter o time com quatro meias: Marquinhos Gabriel, que tem sido utilizado nos segundos tempos das partidas. Júnior Dutra, outra possibilidade, tem características mais de atacantes, apesar de atuar pelos lados. Roger e Kazim, outros dois na briga, atuariam como referência, mudando o esquema para 4-2-3-1.

A definição, no entanto, só sairá no treinamento desta terça-feira, o último antes do clássico entre os alvinegros paulistas. Em meio a uma maratona de jogos, Loss deve dar descanso aos jogadores, mas provavelmente adiantará qual será a sua opção para derrotar os santistas, a partir das 21h (de Brasília) da quarta-feira, na Arena.

Mais Notícias

Categoria:CAMPEONATO BRASILEIRO 2018

Deixe seu Comentário