PONTE PRETA RECEBE GOIÁS

Às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira, Ponte Preta e Goiás se enfrentam no Moisés Lucarelli em duelo de equipes que precisam se recuperar no Campeonato Brasileiro Série B. Após oito rodadas, os dois times se veem ameaçados pelo rebaixamento e longe da briga pelo acesso à Série A. Uma vitória neste jogo é essencial para as ambições dos clubes.

Jogando em casa mas com portões fechados, a Ponte quer reencontrar a vitória após quatro jogos. Desde que venceu o Dérbi campineiro por 3 a 2, o time de Campinas vem de empate contra Vila Nova, derrotas para Atlético Goianiense e Sampaio Corrêa e empate contra o Oeste na última rodada. Apesar da sequência ruim, o técnico João Brigatti acredita na recuperação, mas pede reforços.

“Temos pouco tempo para recuperar os jogadores e treinar, mas com treinamentos tenho certeza que a equipe vai melhorar”, disse após o empate contra o Oeste. “A Série B é muito difícil e requer jogadores de força, a Ponte precisa se qualificar para ter mais opções no elenco. A diretoria está atrás desses jogadores, mas não é fácil encontrar”.

Os reforços de fora podem não chegar, mas Brigatti terá a volta do lateral esquerdo Edilson Orinho, que não entra em campo desde o clássico contra o Guarani. O defensor se recuperou de lesão muscular na coxa esquerda e estará à disposição do treinador. Desde a saída de Orinho, a Ponte Preta perdeu quatro jogos na Série B e foi eliminada da Copa do Brasil pelo Flamengo.

Se a situação da Macaca na Série B é ruim, a do Goiás é ainda pior. O time de Ney Franco soma apenas cinco pontos na competição e ocupa a 18ª posição da tabela depois de perder cinco dos oito jogos que disputou na Série B. Um grande alento é a vitória no clássico contra o Atlético Goianiense na rodada anterior, único triunfo do Esmeraldino na competição.

Após a vitória, Ney Franco destacou a mudança no ambiente da equipe, mas ressaltou que ainda há muito trabalho a ser feito. “Há tempos a gente não tinha um vestiário tão feliz e tão leve”, disse o treinador. “Mas a nossa situação no campeonato é crítica. (…) É um elenco que era para estar numa situação melhor”.

Para o confronto contra a Ponte, o Goiás terá alguns desfalques e um reforço. O zagueiro David Duarte e o lateral direito Alex Silva, suspensos por acúmulo de cartões amarelos, não entram em campo. O goleiro Marcelo Rangel, que passou mal contra o Atlético-GO, também desfalca o Esmeraldino. Por outro lado, o zagueiro Victor Ramos, anunciado na última sexta-feira, estará à disposição de Ney Franco.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA x GOIÁS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 5 de junho de 2018 (terça-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e José Carlos Oliveira dos Santos (BA)

PONTE PRETA: Ivan; Igor Vinicius, Leo, Reginaldo e Orinho; André Castro, Paulinho e Roberto (Murilo); Júnior Santos (André Luis), Lucas Mineiro e Danilo Barcelos (Felipe Saraiva)
Técnico: João Brigatti

GOIÁS: Marcos; André Krobel, Eduardo Brock, Edcarlos e Ernandes; Gilberto, Léo Sena e Gedoz; Carlos Eduardo, Lucão e Maranhão
Técnico: Ney Franco

Categoria:CAMPEONATO BRASILEIRO 2018 SÉRIE A

Deixe seu Comentário