O técnico Cuca contratado recentemente para substituir o Jesualdo Ferreira teve apenas dois dias para treinar o Santos antes da sua estréia no Campeonato Brasileiro.

Com apenas dois dias de trabalho, treinos na sexta-feira e no sábado, o novo técnico tentou mudar um pouco a forma do time da Vila jogar. Fazendo viradas de jogo da esquerda para a direita e da direita para a esquerda e explorando bastante as laterais e com dificuldades em criar por dentro pelo setor de meio campo assim se apresentou o time praiano na sua estréia pelo Nacional.

Apesar das dificuldades o Santos abriu o placar aos 19' da segunda etapa através do atacante Marinho que arriscou chute de fora da área que acertou o canto baixo direito do gol do Bragantinho sem que o goleiro Cleiton conseguisse fazer a defesa. Santos 1 a 0.

Perdido por 1, perdido por 1.000, o Bragantino passou a sair mais pro jogo e nos instantes finais do jogo aos 47' do segundo tempo na cobrança de escanteio pela direita do seu ataque a bola sobrou fora da grande área para o Claudinho que acertou um belo chute e deixou tudo igual. Santos 1, Bragantino também 1.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 1 RED BULL BRAGANTINO
DATA E HORÁRIO: 09/08/2020, domingo, 16h00.
LOCAL: Estádio Vila Belmiro, Santos, SP
ÁRBITRO: Ricardo Marques Ribeiro
AUXILIARES: Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junior de Souza
VAR: Emerson de Almeida Ferreira
CARTÃO AMARELO: Ricardo Ryller (RB Bragantino)
GOLS: Marinho, aos 19' e Claudinho aos 47' do Segundo Tempo
SANTOS: Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alisson, Diego Pituca, Carlos Sánches; Soteldo, Marinho (Jean Mota) e Kaio Jorge (Uribe). TÉCNICO: Cuca.
RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Weverson (Robinho), Ricardo Riller (Claudinho), Matheus Jesus; Artur, Alerrandro (Ytalo) e Morato (Bruno Tubarão). TÉCNICO: Felipe Conceição.
Repórter: José Luís de Oliveira

Mais notícias

Deixe seu Comentário