Em jogo que abriu a segunda rodada da Série A do Brasileirão 2020, o Red Bull Bragantino recebeu em seus domínios, no estádio Nabi Abi Chedid, o Botafogo do Rio de Janeiro.

Os times desenvolveram uma partida movimentada e quem abriu o marcador foi o time do interior paulista. Logo aos 5' de jogo, no primeiro tempo, bola cruzada na área do Botafogo e debaixo das traves Alerrandro abre o marcador. Bragantino 1 X 0 Botafogo. Em um outro bom ataque do Massa Bruta Alerrandro disperdiçou nova chance de ampliar o marcador chutando a bola na trave direita do Glorioso.

No primeiro tempo o Bragantino foi melhor que seu adversário mas não conseguiu ampliar sua vantagem.

Na segunda etapa o jogo ficou equilibrado. Paulo Autuori, técnico do Botafogo, processou mudanças que deram certo. As chances criadas pelo Bragantino eram defendidas pelo Gatito Fernández, um dos destaques do Fogão. Aos 19' do segundo tempo, em contrataque pela esquerda, Guilherme Santos, fez importante jogada com cruzamento para Matheus Babi que antecipou na saído do goleiro Cleiton e empatou a peleja. Final, Bragantino 1 X 1 Botafogo.

Os times voltarão a jogar no próximo domingo, 16, pela terceira rodada. O Bragantino irá até Salvador para enfrentar o Bahia e o Botafogo também jogará fora de casa contra o Fortaleza.
 
FICHA TÉCNICA
RED BULL BRAGANTINO 1 X 1 BOTAFOGO
DATA E HORÁRIO: 12/08/2020, quarta-feira, 19h15.
LOCAL: Estádio Dr. Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista, SP
ÁRBITRO: André Luiz de Freitas Castro
AUXILIARES: Leone Carvalho Rocha e Cristhian Passos Sorence
VAR: Elmo Alves Resende Cunha
CARTÕES AMARELOS: Fabrício Bruno, Matheus Jesus e Ricardo Ryller (RB Bragantino); Matheus Babi (Botafogo)
GOLS: Alerrandro, aos 05'1ºT e Matheus Babi aos 19'2ºT
RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Weverton), Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar (Bruno Tubarão); Weverson (Robinho), Ricardo Riller (Ytalo), Matheus Jesus, Claudinho; Artur, Alerrandro e Morato (Weverson). TÉCNICO: Felipe Conceição.
BOTAFOGO: Gatito Fernández; Barrandeguy (Kevin), Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luís; Caio Alexandre (Luiz Otávio), Honda (Rafael Forster), Bruno Nazário; Rhuan (Guilherme Santos), Matheus Babi e Luis Henrique. TÉCNICO: Paulo Autuori.

Repórter: José Luís de Oliveira

Mais notícias

Deixe seu Comentário