Jogando em casa na Arena da Baixada, o Athetico Paranaense derrotou o Goiás por 2 a 1 e dessa forma conquistou sua segunda vitória seguida no Brasileirão 2020. Com 100% de aproveitamento é líder absoluto da competição.


No primeiro tempo do jogo o Furação foi bem superior ao Goiás com 81% de posse de bola e finalizando 11 vezes contra 5 do adversário. Vitinho, destaque do ataque do Athletico em uma dessas finalizações acertou o pé e em chute bem colocado de fora da grande área no ângulo superior esquerdo do gol do Goiás abriu o marcador. 

Ainda no primeiro tempo, já nos acréscimos, em uma cobrança de falta a bola bateu no braço do zagueiro Thiago Heleno e a arbitragem marcou pênalti a favor do esmeraldino. O meio campista Daniel Bessa foi incumbido da cobrança e no capricho, goleiro pra um lado e bola pra o outro lado, empatou o placar em 1 a 1.

No segundo tempo o Furacão botou pressão máxima sobre o Esmeraldino ficando o tempo todo no ataque e o adversário se defendendo. Apesar da grande pressão o time de Dorival Jr. não conseguia achar o caminho do gol, até que, Carlos Eduardo foi colocado em campo e sua estrela brilhou, em bola lançada dentro da área do Goiás, Vitinho evitou a saída da bola pela linha de fundo e por cobertura deixou o companheiro livre de marcação pra fazer o segundo gol do Athletico e colocar números finais na partida.

Fim de jogo, Athletico Paranaense 2 X 1 Goiás.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 2 X 1 GOIÁS
DATA E HORÁRIO: 12/08/2020, quarta-feira, 19h15.
LOCAL: Estádio Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada), Curitiba, PR
ÁRBITRO: Diego Pombo Lopez
AUXILIARES: Alessandro Alvaro Rocha de Matos e Jucimar dos Santos Dias
VAR: Vagner Reway
CARTÕES AMARELOS: Jonathan, Lucas Halter e Thiago Heleno (Athletico PR); Rafael Vaz, Daniel Bessa e Victor Andrade (Goiás)
GOLS: Vitinho, aos 32'1ºT e Carlos Eduardo aos 76'2ºT (Athletico PR); Daniel Bessa aos 58'1ºT (Goiás)
ATHLETICO PR: Santos; Jonathan, Lucas Halter, Thiago Heleno e Abner; Fernando Canesin, Wellington, Marquinhos Gabriel (Richard); Nikão, Vinicius Alessandro e Vitinho. TÉCNICO: Dorival Jr.
GOIÁS: Rangel; Yago, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Heron; Breno, Daniel Bessa, Talles e Luiz Gustavo; Victor Andrade e Vinicius Lopes. TÉCNICO: Ney Franco.

Repórter: José Luís de Oliveira

Mais notícias

Deixe seu Comentário